É comum a escalação de atores famosos como dubladores de grandes animações, seja nos Estados Unidos ou mesmo no Brasil. My Little Pony: o Filme (2017) não foge à essa regra, chegando às telonas com duas vozes muito conhecidas do grande público: as de Mariana Rios e Sérgio Marone. Ela dá vida à Tempest, uma pônei desgarrada, de passado doloroso, braço direito do vilão da trama, o Rei Storm, exatamente o personagem dublado por Marone, um tipo instável e maquiavélico. Embora tenham algumas cenas importantes juntos, os intérpretes não se encontraram durante o processo – ele desempenhou sua função no Rio de Janeiro e Mariana em São Paulo – mas o resultado demonstra, mesmo assim, afinação. Aproveitando a chegada do filme aos cinemas, fomos atrás dos artistas brasileiros por trás do processo. E precisamos confessar: não foi uma tarefa fácil. Enquanto Marone tratou de ser ágil e nos retornou com breves comentários (enviados por Whatsapp), Mariana não respondeu – e foi somente por causa do silêncio da atriz que essa ‘entrevista’ demorou a ser publicada. Mas, enfim, antes tarde do que nunca. Confira a seguir, portanto, o que Sergio Marone tem a dizer a respeito de sua participação em My Little Pony: O Filme!

Sergio Marone e Mariana Rios na pré-estreia de My Little Pony (foto Thiago Duran)

Você foi uma criança ligada em desenho animado, quadrinhos, essas coisas?
Sempre gostei de desenho animado e de quadrinhos. Na minha época, gostava muito dos Jetsons, Smurfs, Tom e Jerry, Papa-léguas.

 

Como foi o processo de encontrar a voz certa para o Rei Storm?
Ele é muito rico. É um personagem que oscila de humor, então mais do que encontrar a voz certa para ele, o mais trabalhoso foi encontrar essas variações, esse ritmo dele, repleto de rompantes. É um personagem forte, às vezes dócil e debochado. Sem dúvida, foi o trabalho mais divertido que já fiz de dublagem.

 

Você chegou a interagir com a Mariana Rios na dublagem ou foram processos completamente separados?
Não cheguei a interagir com a Mari, foram processos completamente separados. Ela dublou em São Paulo e eu dublei no Rio de Janeiro. Mas deu muito certo.

 

Se pudesse dublar um vilão clássico da animação, quem seria?
Não sei muito bem, mas talvez o Gru, do Meu Malvado Favorito.

 

Na sua opinião, qual a mensagem mais valiosa de My Little Pony: O Filme aos pequenos?
A mensagem mais valiosa do filme é a importância da amizade, da união e a diversidade. No momento em que estamos vivendo, de muita intolerância, religiosa, sexual e política, acredito que o filme traz essa mensagem de tolerância, de que a diversidade é divertida e legal.

(Entrevista feita por e-mail e whatsapp em Outubro de 2017)

Veja também

As duas abas seguintes alteram o conteúdo abaixo.
avatar
é crítico de cinema, membro da ACCRJ (Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro) e da ABRACCINE (Associação Brasileira de Críticos de Cinema,). É, também, professor da Escola de Cinema Darcy Ribeiro/RJ.
avatar

Últimos artigos deMarcelo Müller (Ver Tudo)

Comentários