Dança, amor e ventura (1927)

A mostra Caravana Cigana está em exibição no Caixa Cultural Rio de Janeiro e traz um panorama da produção cinematográfica mundial sobre a temática cigana. São 20 filmes de países como França, Iugoslávia, Hungria, Inglaterra e Estados Unidos, que ficarão em cartaz até o dia 28 de abril. Além das sessões será realizado um debate, sobre a representação dos ciganos por meio do cinema, na atualidade, além da apresentação de um show musical, com o grupo Mio Vacite and Gipsy Family.

Entre os filmes em cartaz, há destaque para Apenas o vento (2012), ainda inédito no Brasil, do cineasta húngaro, Bence Fliegauf, que ganhou o Urso de Prata no Festival de Berlim, em 2012; Dança, amor e ventura (1927), de Ary Severo, primeiro filme brasileiro de ficção com personagens ciganos; Ciganos do nordeste (1976), de Olney São Paulo; e os clássicos Gato preto, gato branco (1998) e O tempo dos ciganos (1988), de Emir Kusturica. A mostra fará ainda, uma pequena retrospectiva dos filmes de Tony Gatlif, cineasta de origem cigana considerado um dos mais importantes da atualidade.

Essa seleção possibilita ao público a oportunidade de conhecer as condições dos ciganos, provenientes de vários países, e assim ter uma visão maior sobre o tema. O ineditismo no Brasil, de alguns dos filmes que serão exibidos, reforça a importância em dar acesso a estas obras que raríssimas vezes puderam ser vistas”, explicam as curadoras Orsolya Balogh e Débora Butruce.

Fonte: Caixa Cultural

Veja também

As duas abas seguintes alteram o conteúdo abaixo.
avatar
Cinema e cultura pop com opinião!

Comentários