129567770szFoi lançado na última semana, no Rio de Janeiro, em cerimônia que contou com a presença de Fernanda Montenegro, Betty Faria e da cineasta Sandra Kogut, o livro A Odisseia Do Cinema Brasileiro: Da Atlântida a Cidade de Deus, do jornalista francês radicado no Brasil Laurent Desbois. A obra, que foi recebida primeiro na França com o título L’Odyssée du Cinema Brésilien, conta com prefácio do diretor Walter Salles. Os exemplares podem ser adquiridos pelo valor de R$ 89,90.

O estudo promove um mergulho na história do cinema nacional, começando pelos anos da Atlântida e passando pelo o turbilhão criativo do Cinema Novo. Segue também pelo Tropicalismo, vai ao Cinema Marginal, aos anos da Embrafilme e dali até as indagações da “retomada”, no início dos anos 1990. O ponto de partida não é apenas a história dos filmes, mas o esforço construído ao longo de mais de 100 anos para consolidar uma rede que envolve artistas, indústria e público em torno de um projeto comum.

Laurent Desbois escreve sobre literatura e ciências da arte, é formado pela Universidade de Paris e trabalhou nos serviços culturais da embaixada francesa em diversos países da África, Europa e América do Sul. Colaborador da revista Cahiers du Cinema no fim dos anos 1990, divulgou na França a retomada do cinema brasileiro. Mora atualmente no Rio de Janeiro.

(Fonte: Cia das Letras)

As duas abas seguintes alteram o conteúdo abaixo.
avatar
Cinema e cultura pop com opinião!
avatar

Últimos artigos deRedação Papo de Cinema (Ver Tudo)

Comentários