Elle (2016), de Paul Verhoeven, foi escolhido melhor filme estrangeiro.

A Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine) divulgou a lista dos melhores filmes de 2016 segundo seus integrantes. Atualmente, a entidade é composta de 20 profissionais que atuam como críticos no Ceará. A votação das cinco categorias foi realizada entre os dias 28 de dezembro e 07 de janeiro, em dois turnos. Elle (2016), de Paul Verhoeven, e Aquarius (2016), de Kleber Mendonça Filho, são alguns dos destaques entre os eleitos.

Para os prêmios de Melhor Longa-Metragem estrangeiro e brasileiro, os associados consideraram produções lançadas em circuito comercial no Ceará entre os dias 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2016 e que permaneceram em cartaz pelo menos uma semana. Os curtas-metragens também foram avaliados pelos associados. O critério para o prêmio de melhor curta brasileiro contemplava filmes, independentemente do ano de produção, que tiveram uma primeira exibição pública em mostras e festivais brasileiros em 2016.

A Aceccine também concedeu um prêmio especial de contribuição artística a Rosemberg Cariry, cineasta que já tem mais de 40 anos de carreira e é um dos principais representantes do cinema nordestino. Em 2016, as obras Corisco e Dadá (1996) e O Caldeirão da Santa Cruz do Deserto (1986) completaram, respectivamente, 20 e 30 anos, de seus lançamentos. Confira abaixo a lista completa:

Melhor Longa-metragem Estrangeiro:

Elle (França/Alemanha/Bélgica), de Paul Verhoeven

Melhor Longa-metragem Brasileiro:

Aquarius, de Kleber Mendonça Filho

Melhor Longa-metragem Cearense:

Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois, de Petrus Cariry

Melhor Curta-metragem Brasileiro:

Estado Itinerante (MG), de Ana Carolina Soares

Melhor Curta-metragem Cearense:

Janaína Overdrive, de Mozart Freire

Prêmio Especial de Contribuição Artística:

Rosemberg Cariry

(Fonte: Aceccine)

As duas abas seguintes alteram o conteúdo abaixo.
avatar
Cinema e cultura pop com opinião!

Comentários