O nosso papo é de cinema!


Perfume – A História de um Assassino

09/12/2011    

 

Crítica

Tenho um amigo que considera o livro O Perfume, de Patrick Süskind, um dos melhores que já leu em toda a sua vida. Eu, por outro lado, nunca tinha ouvido falar. Mas, com um pouco de pesquisa, descobri que a tal história do rapaz que nasceu na França em plena Idade Média e que possui o extraordinário dom de sentir TODOS os odores do mundo, apesar dele próprio não possuir cheiro algum, é mesmo bem badalada.

Tanto que agora chega às telas em formado de filme. Cineastas como Steven Spielberg, Stanley Kubrick, Tim Burton e Ridley Scott desistiram de adaptar o romance por considerá-lo infilmável, e a tarefa coube ao alemão Tom Tykwer, de Corra, Lola, Corra. E o que ele entrega agora é um filme que demora para engrenar, mas tem muitos bons méritos, além de um final impressionante - apesar de ser acusado de ser literário demais por aqueles que leram o livro.

Com um elenco internacional, que traz nomes como Dustin Hoffman (Rain Man), Alan Rickman (Harry Potter) e Rachel Hurd-Wood (Peter Pan), o papel de protagonista ficou com o semi-desconhecido Ben Whishaw (Stoned). Todos estão muito bem, se nenhum destaque, entretanto.

Produção mais cara da história do cinema alemão - custou cerca de 50 milhões de euros - Perfume - A História de um Assassino deve fazer a festa dos fãs do livro, apesar de não decepcionar o espectador casual. Como mero curioso, eu cheguei a cansar com a longa duração - 2h30 - mas me surpreendi com algumas boas soluções visuais. Outros pontos, entretanto, não são muito bem explicados - o porquê dos assassinatos, por exemplo - mas nada a ponto de comprometer o resultado final. Perfume não chega a ser imperdível, mas garante bons momentos de diversão.

Nota da crítica

3/5

avatar

Robledo Milani é crítico de cinema, presidente da ACCIRS - Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul (gestão 2016-2018), e membro fundador da ABRACCINE - Associação Brasileira de Críticos de Cinema. Já atuou na televisão, jornal, rádio, revista e internet. Participou como autor dos livros Contos da Oficina 34 (2005) e 100 Melhores Filmes Brasileiros (2016). Criador e editor-chefe do portal Papo de Cinema.

Mande um mail para Robledo

Veja outros textos assinados por Robledo Milani

Ficha Técnica

NOME ORIGINAL: Perfume - The Story of a Murderer

PAÍS DE ORIGEM: Alemanha, França, Espanha, EUA

ANO: 2006

DIREÇÃO: Tom Tykwer

ROTEIRO: Andrew Birkin, Bernd Eichinger, Tom Tykwer

EDIÇÃO: Alexander Berner

FOTOGRAFIA: Frank Griebe

MÚSICA: Reinhold Heil, Johnny Klimek, Tom Tykwer

DIREÇÃO DE ARTE: Laia Colet

FIGURINO: Pierre-Yves Gayraud

PRODUÇÃO: Uli Hanisch

ESTÚDIO: Constantin Film Produktion, VIP 4 Medienfonds, Nouvelles Éditions de Films (NEF)

SITE OFICIAL: www.perfumemovie.com

ELENCO: Ben Whishaw, Dustin Hoffma, Francesc Albiol, Gonzalo Cunill, Roger Salvany, Andrés Herrera, Simon Chandler, David Calder, Richard Felix, Birgit Minichmayr, Reg Wilson, Catherine Boisgontier, Núria Casas, Carlos Gramaje, Sian Thomas, Michael Smiley, Walter Cots, Perry Millward, Jan Cortés, Berta Ros, Alvaro Roque, Franck Lefeuvre, Sam Douglas, Joan Serrats, Jaume Montané, Bridget McConnell, Duna Jové, Karoline Herfurth, Timothy Davies, Sara Forestier

Sinopse

Paris, 1738. Jean-Baptiste Grenouille (Ben Whishaw) nasceu em um mercado de peixe, onde sua mãe (Birgit Minichmayr) trabalhava como vendedora. Ela o tinha abandonado, mas o choro de Jean-Baptiste faz com que seja descoberto pelos presentes na feira. Isto também faz com que sua mãe seja presa e condenada à morte. Entregue aos cuidados da Madame Gaillard (Sian Thomas), que explora crianças órfãs, Jean-Baptiste cresce e logo descobre que possui um dom incomum: ele é capaz de diferenciar os mais diversos odores à sua volta. Intrigado, Jean-Baptiste logo demonstra vontade de conhecer todos os odores existentes, conseguindo diferenciá-los mesmo que estejam longe do local em que está. Já adulto, ele torna-se aprendiz na perfumaria de Giuseppe Baldini (Dustin Hoffma), que passa por um período de pouca clientela. Logo Jean-Baptiste supera Baldini e, criando novos perfumes, revitaliza a perfumaria. Jean-Baptiste cada vez mais se interessa em manter o odor de forma permanente, o que faz com que busque meios que possibilitem que seu sonho se torne realidade. Só que, em suas experiências, ele passa a tentar capturar o odor dos próprios seres humanos.

Curiosidades

- Filme do livro Perfume - A História de um Assassino, que vendeu mais de 15 milhões de cópias, sendo 4 milhões apenas na Alemanha. Foi ainda traduzido para 45 idiomas.

  • Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

  • "Velozes e Furiosos 8" (Universal)

    2ªSemana: 1,7 milhão de espectadores

    Público Total: 5,1 milhões de espectadores

  • "A Cabana" (Paris)

    3ªSemana: 621 mil espectadores

    Público Total: 2,4 milhões de espectadores

  • "O Poderoso Chefinho" (Fox)

    4ªSemana: 372 mil espectadores

    Público Total: 2,4 milhões de espectadores

  • "Os Smurfs e a Vila Perdida" (Sony)

    3ªSemana: 241 mil espectadores

    Público Total: 1,1 milhão de espectadores

  • "A Bela e a Fera" (Disney)

    6ªSemana: 225 mil espectadores

    Público Total: 8 milhões de espectadores

  • "Velozes e Furiosos 8" (Universal)

    2ªSemana: US$ 38,6 milhões

    Bilheteria Total: US$ 163,5 milhões

  • "O Poderoso Chefinho" (Fox)

    4ªSemana: US$ 12,7 milhões

    Bilheteria Total: US$ 136,9 milhões

  • "A Bela e a Fera" (Disney)

    6ªSemana: US$ 9,9 milhões

    Bilheteria Total: US$ 471 milhões

  • "Born in China" (Disney)

    Estreia: US$ 5,1 milhões

    Bilheteria Total: US$ 24,7 milhões

  • "Despedida em Grande Estilo" (Warner)

    3ªSemana: US$ 5 milhões

    Bilheteria Total: US$ 31,7 milhões